Buscar esboços

Nossos Esboços

Betel Jovens – 2º Trimestre de 2018 – 20/05/2018 – Lição 8: Memorial de um adorador

17/05/2018

Este post é assinado por Jesrrael Fonseca Santos

TEXTO DE REFERÊNCIA

1 Naqueles dias adoeceu Ezequias mortalmente; e o profeta Isaías, filho de Amós, veio a ele e lhe disse: Assim diz o SENHOR: Põe em ordem a tua casa, porque morrerás, e não viverás.

2 Então virou o rosto para a parede, e orou ao Senhor, dizendo:

3 Ah, Senhor! Suplico-te lembrar de que andei diante de ti em verdade, com o coração perfeito, e fiz o que era bom aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo.

4 Sucedeu, pois, que, não havendo Isaías ainda saído do meio do pátio, veio a ele a palavra do Senhor dizendo:

5 Volta, e dize a Ezequias, capitão do meu povo: Assim diz o Senhor, o Deus de Davi, teu pai: Ouvi a tua oração, e vi as tuas lágrimas; eis que eu te sararei; ao terceiro dia subirás à casa do Senhor.

6 E acrescentarei aos teus dias quinze anos, e das mãos do rei da Assíria te livrarei, a ti e a esta cidade; e ampararei esta cidade por amor de mim, e por amor de Davi, meu servo.

7 Disse mais Isaías: Tomai uma pasta de figos. E a tomaram, e a puseram sobre a chaga; e ele sarou.

8 E Ezequias disse a Isaías: Qual é o sinal de que o Senhor me sarará, e de que ao terceiro dia subirei à casa do Senhor?

9 Disse Isaías: Isto te será sinal, da parte do Senhor, de que o Senhor cumprirá a palavra que disse: Adiantar-se-á a sombra dez graus, ou voltará dez graus atrás?

10 Então disse Ezequias: É fácil que a sombra decline dez graus; não seja assim, mas volte a sombra dez graus atrás.

11 Então o profeta Isaías clamou ao Senhor; e fez voltar a sombra dez graus atrás, pelos graus que tinha declinado no relógio de sol de Acaz.

2 Reis 20. 1 – 11

VERSÍCULO DO DIA

Ah, Senhor! Suplico-te lembrar de que andei diante de ti em verdade, com o coração perfeito, e fiz o que era bom aos teus olhos. E chorou Ezequias muitíssimo.

2 Reis 20.3

OBJETIVOS DA LIÇÃO

Ao término do estudo bíblico, o aluno deverá:

  • Compreender que temos um memorial;
  • Entender que Deus usará este memorial no momento certo;
  • Saber que somos responsáveis por nossas histórias

INTRODUÇÃO

Alguma vez você já se perguntou sobre o que chama a atenção de Deus? Quero dizer, realmente fazer algo que receba a atenção Dele?

Deus é todo conhecedor e está em todo lugar. Não há nada que possamos fazer e em nenhum lugar podemos ir, que Ele não nos veja e nos ouça. Mas, às vezes, Deus parece nos notar de uma maneira maior.

Pode ser uma necessidade pela qual estamos orando desesperadamente, ou aquele desejo sempre presente de agradar nosso Pai celestial, mas Sua atenção e aprovação são inestimáveis.

Em Atos 10, encontramos um homem incrível chamado Cornélio. Ele era um líder militar bem conhecido; um centurião romano. Apesar de ser um gentio e soldado de César, Cornélio era um servo devoto de Jeová.

Depois que o Espírito Santo foi derramado e a Igreja começou, Deus começou a desdobrar Seu plano muito maior de salvar o mundo além dos judeus.

Cornelius chamou a atenção de Deus.

Este, quase à hora nona do dia, viu claramente numa visão um anjo de Deus, que se dirigia para ele e dizia: Cornélio.
O qual, fixando os olhos nele, e muito atemorizado, disse: Que é, Senhor? E disse-lhe: As tuas orações e as tuas esmolas têm subido para memória diante de Deus;

Atos 10:3,4

As orações e as oferendas de Cornélio eram um memorial diante de Deus. Deus pensou nas orações e na entrega de um único homem digno de um memorial em Sua presença.

Ele enviou Pedro a Cornélio e estendeu a graça salvadora a ele e a toda a sua casa, pois foram cheios do Espírito Santo e batizados em Nome de Jesus.

A oração sempre chama a atenção de Deus!

Mesmo nos momentos em que nos sentimos como se nossas orações estivessem batendo no teto e não estamos obtendo resposta, essas orações estão surgindo como um memorial diante de Deus.

Deus honra nossas orações e nosso compromisso com a oração. Encontramos nas Escrituras que Deus ouve e se deleita nas orações dos retos e justos.

Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, E os seus ouvidos atentos às suas orações

1 Pedro 3:12

1 – TEMOS UM MEMORIAL

Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis.
Hebreus 6:10

1.1 – Conhecendo o Rei Ezequias

Ezequias foi, de acordo com a Bíblia, o filho de Acaz e o 13º rei de Judá. Estima-se que seu reinado foi entre c. 715 e 686 a.C. O nome Ezequias significa “Yahweh (Jeová) Fortalece” em hebraico.

Ele é considerado um rei muito justo pelo autor dos livros dos Reis. Ele também é um dos reis mais proeminentes de Judá mencionado na Bíblia e é um dos reis mencionados na genealogia de Jesus no Evangelho de Mateus.

Segundo a Bíblia, Ezequias testemunhou a destruição do reino do norte de Israel pelos assírios de Sargão em c. 722 a.C. e foi rei de Judá durante o cerco de Jerusalém por Senaqueribe em 701 a.C.

Ezequias promulgou amplas reformas religiosas, incluindo um rígido mandato para a adoração exclusiva de Javé e uma proibição de venerar outras divindades dentro do Templo de Jerusalém.

Segundo a Bíblia, Ezequias assumiu o trono de Judá com a idade de 25 anos e reinou por 29 anos (2 Reis 18: 2). Alguns escritores propuseram que Ezequias serviu como co-regente com seu pai Acaz por cerca de 14 anos. Seu único reinado é datado por William F. Albright como 715–687 aC, e por Edwin R. Thiele como 716–687 aC (os últimos dez anos sendo uma co-regência com seu filho Manassés). 

Ezequias purificou e consertou o templo, expurgou seus ídolos e reformou o sacerdócio. Em um esforço para abolir a idolatria de seu reino, ele destruiu os altos (ou bamot ) e a “serpente de bronze” (ou Nehushtan ), registrados como sendo feitos por Moisés, que se tornaram objetos de adoração idólatra. Em lugar disso, ele centralizou a adoração a Deus no templo de Jerusalém.

Ezequias também derrotou os filisteus “até Gaza e seu território”, (2 Reis 18:8) e retomou a peregrinação da Páscoa e a tradição de convidar as tribos dispersas de Israel a participar de um festival da Páscoa. Ele enviou mensageiros a Efraim e Manassés, convidando-os a Jerusalém para a celebração da Páscoa. Os mensageiros, no entanto, não só não foram ouvidos, mas até riram; somente uns poucos homens de Aser, Manassés e Zebulom vieram para a cidade. No entanto, a Páscoa foi celebrada com grande solenidade e alegria, como nunca houve em Jerusalém desde os dias de Salomão.

Ezequias é retratado pela Bíblia como um grande e bom rei. Isaías e Miquéias profetizaram durante seu reinado.

Por Jesrrael Fonseca Souza

Para continuar lendo CLIQUE AQUI

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada